Google+ Badge

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Flor de Cera



AS FLORES MAIS EXTRAORDINÁRIAS DO MUNDO

O valor das flores mais extraordinárias do mundo é determinado pela sua raridade e dificuldade em ser encontrada e não pela sua beleza. Algumas dessas flores são muito raras e portanto tem seu valor muito alto. Nessa matéria vamos falar sobre as cinco flores que são consideradas as mais caras e raras do mundo.



 HOYA CARNOSA OU FLOR-DE-CERA

As flores do gênero Hoya parecem serem de mentira. São ao menos 200 espécies e combinações diferentes de cores, como as H. cinnamomifolia, que lhes renderam o apelido de flor-de-cera (ou de porcelana).
A flor-de-cera é uma trepadeira perene, originária da Ásia e da Austrália. De textura semi-herbácea e ramagem pouco ramificada. São de tal maneira perfeita, que parece ter sido construída artificialmente, a partir de um molde. Apresenta folhas opostas, coriáceas, carnosas e espessas, com pecíolo curto. Ocorrem ainda variedades de folhas retorcidas e de folhas variadas de branco ou amarelo.
As inflorescências são do tipo umbela, axilares, pendentes, como pequenos buquês carregados de flores cerosas, brancas a rosadas, em forma de estrela e delicadamente perfumadas. A floração ocorre na primavera.
Apesar do crescimento relativamente lento, esta trepadeira tem um florescimento compensador. Ela não exige muito cuidados, bastando que se escolha um local úmido e com luz direta pela manhã ou à tarde, longe de correntes de ar.
As adubações mensais ricas em potássio e fósforo restringem-se à época de floração. Pode ser plantada em canteiros bem preparados e até mesmo em vasos e jardineiras, tomando-se o cuidado de oferecer-lhe suporte, como treliças ou grades. Os ramos sem flores não devem ser podados pois florescerão no próximo ano.
Deve ser cultivada sob meia sombra ou intensa iluminação difusa, em solo fértil, bem drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Não tolera o sol direto nas horas mais quentes do dia, pois pode provocar queimaduras nas folhas e quedas dos botões. Moderadamente tolerante às baixas temperaturas, prefere uma faixa entre 15 a 25ºC. Em regiões de clima frio, pode ser cultivada em estufas ou no interior das residências em locais bem iluminados. Multiplica-se por estaquia.
Além da sua imensa beleza, as flores das Hoya carnosa têm igualmente um agradável aroma, principalmente à noite. Elas também segregam um néctar viscoso, que forma constantemente pequenas gotas na sua superfície.


 Veja mais fotos:




quinta-feira, 2 de outubro de 2014

BEGÔNIAS


As begônias são plantas do gênero Begônia, da família Begoniaceae, existindo apenas uma outra espécie de origem havaiana, única representante do gênero Hillebrandia, que não pertence a este gênero. São, de maneira geral, plantas ornamentais de folhagem característica e flores atraentes. Estimativas indicam cerca de 1000 espécies de begônias, o que faz dela um dos 10 maiores do grupo das angiospermas. (Plantas dotadas de flores e frutos. A flor abriga os elementos relacionados com a reprodução sexuada e outras importantes estruturas).
Os métodos de cultivo variam de espécie para espécie. Uma identificação precisa, ajuda neste conhecimento, pois determina se a planta pertence a uma espécie terrestre, epífita ou rupícola. De maneira geral, são cultivadas em solos orgânicos, bem drenados, protegidas da luz solar direta e de correntes de ar, irrigadas com frequência.
A flor da begônia significa felicidade, delicadeza e cordialidade, é também indicada para namorados apaixonados, já que estão associadas à inocência e à lealdade do verdadeiro amor. Relativamente ao Feng Shui, a begônia é um símbolo de fertilidade.
As begônias provêm principalmente da América tropical, de florestas úmidas ou nichos de umidade das savanas, com muitas espécies epífitas ou rupícolas, embora a maioria seja terrestre. Algumas espécies apresentam tubérculos subterrâneos que as mantêm vivas por muitos anos, embora a parte aérea normalmente pereça no fim de cada ciclo anual. O clima brasileiro favorece o seu desenvolvimento e a begônia floresce com facilidade principalmente no sul, onde o clima é mais ameno.
A maioria das begónias são cultivadas como ervas. Porém, outras espécies, como a "begônia-asa-de-anjo" (Begonia coccinea) e "begônia-metálica" (Begonia aconitifolia), desenvolvem caules eretos e consistentes, alcançando até 1,5 metros de altura.
Caracteriza-se por florir abundantemente durante todo o ano, não atingir um porte muito grande e não ser de difícil cultivo, o que faz dela uma das plantas mais comercializadas do Brasil. Embora várias das espécies possam ser cultivadas também em jardins, isto não é muito comum, uma vez que o sol forte causa queimaduras a suas folhas e flores. É uma planta perene muito florífera nas cores brancas, vermelhas, amarelas, rosas e algumas variações destas misturas.
As flores das begónias são diminutas, ornamentadas por brácteas brancas ou coloridas, que se tornam seu principal atrativo. A maioria das espécies possuem brácteas pequenas, ou de colorido pálido que, em contraste com a folhagem, perdem seu valor. Entretanto, certas espécies, como Begonia elatiorBegonia cucullata e Begonia tuberosa são avidamente procuradas por suas flores coloridas, que variam do branco ao vermelho. Nas B. elatior e B. tuberosa, as flores são especialmente grandes, e apresentam-se como algo semelhante a rosas.
As folhas das begónias são o seu maior atrativo. De forma incomum e usualmente coloridas, são muito visadas para canteiros sombreados. De todas as espécies, a que mais se destaca neste aspecto é a Begonia rex, com folhas enormes, com cores que variam do bronze ao rosado, ou vermelho, algumas prateadas ou brancas, com pintas e manchas de cores alternadas. Outras espécies, como a "begônia-cruz-de-ferro" (Begonia massoniana) e a "begônia-preta" (Begonia boverii) também se destacam por sua folhagem ornamental.
As Begônias Ilumination podem, além de compor canteiros em jardim, serem plantadas em grandes cestos, pois seus galhos ficaram pendentes, com um efeito maravilhoso. As melhores espécies para o cultivo em vasos são: Begônia sarmentosa (Begonia sarmentacea), Begônia de folha (Begonia x sementacea) e Begônia olmo (Begonia ulmifolia) ou prateada (Begonia venosa). Para canteiros, recomenda-se a Begônia cerosa (Begonia semperflorens), com época ideal para plantio no mês de abril.
As begônias para vasos são plantas tropicais muito delicadas. Preferem clima entre 20°C e 28°C e não gostam de ventos. Já as Begônias-cerosas de canteiros preferem um clima mais ameno e não toleram bem as chuvas de verão. Para o plantio de mudas da Begônia, prepare uma mistura rica em matéria orgânica, posicione a semente acima do solo já úmido, sem enterrar. Mantenha o solo úmido durante todo o período de germinação.
Você encontra variadas espécies de Begônias na FLORA MORUMBY, à Rua Cláudio Pedro André, 09 Jd. Morumby III, Sorocaba, SP.