Google+ Badge

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013


Jardim vertical


Falta de espaço não é mais motivo para ninguém deixar de ter um jardim em casa. O jardim vertical pode ser montado numa parede interna, varanda de apartamento, sala ou até mesmo uma cozinha, sendo uma alternativa para deixar a natureza entrar no seu espaço.

Eles são como os jardins comuns, só que planejados para paredes e foram criados a partir da necessidade de se adaptar a espaços horizontais cada vez menores e originais.

Os jardins planejados em ambientes internos exigem cuidados diferentes. Em ambientes externos a rega é fundamental para o jardim, já que água da chuva tem pouca penetração devido à verticalização. Assim, ela deverá ser feita manualmente, com regadores, ou por gotejamento. O gotejamento é um sistema simples, onde uma pequena mangueira perfurada distribui água diretamente no substrato (espécie de terra onde a planta está fixada), mantendo a umidade, que é controlada por um temporizador. Além disso, o suporte para plantas precisa ter travas de segurança, para evitar que ele caia em chuvas e ventanias muito fortes.

Qualquer planta pode ser utilizada em um jardim vertical. Mas nunca escolha uma planta somente pela beleza. Escolha uma que adaptar-se ao local. Conheça, estude se ela irá sobreviver no vento, no sol, na sombra. E observe o seu espaço é do tamanho adequado para proporciona isso. Preste atenção ao tamanho das plantas, escolha de, acordo com as suas preferências e recomendações do especialista, as pequenas e médias, que se adequarão melhor num jardim vertical.

Se o ambiente é interno, aposte sempre no tamanho compatível com o jardim. Para áreas externas, existe ainda a possibilidade de cultivar mudas de temperos, como: salsinha, manjericão, alecrim. Essa é uma excelente oportunidade para ter uma pequena horta economizando espaço.

Como cuidar

Na hora de comprar a planta é necessário consultar um profissional (paisagista ou técnico agrícola), para receber a orientação sobre a instalação, regas e podas. Independentemente desses cuidados, é importante que o substrato seja à base de turfa, pois essa matéria orgânica vai ajudar no desenvolvimento da planta, retendo mais umidade que um substrato convencional.

Como montar

São várias as formas de montar um jardim vertical. Para todas, será necessário o auxílio de um especialista, pois é preciso chumbar a parede, impermeabilizar e criar o sistema de irrigação. Dá para fazer com blocos pré-moldados, sistema green wall ceramic (peças de cerâmica que são fixadas na parede), treliças, fibras de coco, vasos e garrafas PETs.